Luanda Leaks: CMVM avaliou nove auditoras e em algumas detetou indícios contra-ordenacionais ou mesmo crime – Jornal Económico

Luanda Leaks: CMVM avaliou nove auditoras e em algumas detetou indícios contra-ordenacionais ou mesmo crime – Jornal Económico

A CMVM despendeu nove meses e 3 mil horas na supervisão às auditoras que auditaram empresas envolvidas no caso Luanda Leaks. Isto é, empresas que eram de Isabel dos Santos, a empresária angolana.
No…

Veja este artigo completo em Sapo.pt

Últimas notícias:

Rui Costa justifica atraso de três horas na apresentação de Nicolás Otamendi – Record
COVID-19: Há 302 surtos ativos, a maior parte no Norte do país – SAPO Lifestyle
Acidente no Metro de Lisboa resulta de «erro grosseiro» de obra da autarquia, garante Medina – Diário Digital
Nova proposta de lei de freguesias vai a Conselho de Ministros em outubro – Jornal Económico
Benfica Nicolás Otamendi Perfil Futebol – Sport Lisboa e Benfica