Produtos que completam a Páscoa dos portugueses

Há um ano muitos produtores de carne de borrego, cabrito e queijo viram-se a braços com muito produto sem canais de escoamento, devido ao encerramento de cafés, restaurantes e pequenas feiras regionais. A grande distribuição respondeu ao apelo do Ministério da Agricultura para colocar estes produtos nas prateleiras dos supermercados. Em 2020, a maioria das cadeias reforçou as compras nacionais e este ano a história repete-se.

Por sua vez, o Lidl partilha o mesmo compromisso: o apoio à produção nacional. “Desde o início da pandemia estamos ainda mais atentos e conscientes da importância dos nossos compromissos perante um contexto adverso, tendo vindo a adoptar diversas medidas para reforçarmos o nosso apoio”, refere Alexandra Borges, diretora geral de compras do Lidl Portugal. Esta Páscoa, este compromisso resultou num aumento de 20% do número de artigos nacionais oferecidos pela marca própria da cadeia, a gama Deluxe. “Aumentámos a compra de queijos, bacalhau, pá e perna de borrego nacionais. Na charcutaria nacional Deluxe, por exemplo, quadruplicámos as encomendas”, destaca.

Na Gama Deluxe, em relação a produtos típicos da época “começámos a trabalhar com três novos produtores nacionais na categoria de queijos, um novo na categoria de charcutaria e um novo em peixes e mariscos”, refere a directora de compras, acrescentando que “estamos neste momento na reta final de toda a preparação necessária e em breve teremos novidades de quantos fornecedores nacionais irão integrar o sortido, reforçando mais uma vez, o nosso compromisso no apoio à produção nacional”.